#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul


ARTIGOS


Características nutricionais de Arachis pintoi cv. Belmonte em função de estratos de alturas diferentes

Autores
Alline Mariá Schumann, Valdinei Tadeu Paulino, Karen Marques dos Santos, Rosana Aparecida Possenti, Márcia Atauri Cardelli de Lucena

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar os rendimentos de biomassa seca e a composição químicabromatológica de estratos de alturas diferentes de amendoim forrageiro (Arachis pintoi cv. Belmonte). Este trabalho foi conduzido a campo no Instituto de Zootecnia, em Nova Odessa/SP. Os tratamentos estudados foram estratos de alturas de corte, correspondentes a intervalos de: 5,0 – 15 cm; 15 – 25 cm; 25 – 35 cm, acima de 35 cm e planta inteira, dispostos num delineamento de blocos ao acaso com cinco tratamentos e com quatro repetições. Os maiores rendimentos de biomassa seca se concentraram no estrato inferior (45%) no intervalo de 5 – 15 cm e 72% até 25 cm de altura. Os altos conteúdos protéicos (20,12 a 22,73%) e digestibilidade da matéria seca in vitro, acima de 64,0% asseguram uma boa qualidade nutricional ao amendoim forrageiro. O manejo dessa leguminosa sob cortes à alturas mais baixas podem aliar uma boa produtividade e qualidade de forragem.

 

Palavraschave: biomassa seca, digestibilidade, fibra detergente neutro, proteína bruta.
 

 

Instructions for elaborating abstract of ZOOTEC2011
 

Abstract: The aim of this study was to evaluate the yield of dry biomass and chemical composition of layers of different heights of peanut (Arachis pintoi cv. Belmonte). This field work was conducted at the Institute of Animal Production, Nova Odessa, SP. The treatments were strata cutting height, corresponding to intervals of 5.0 to 15 cm and 15-25 cm, 25-35 cm, 35 cm above and the whole plant, arranged in randomized blocks with five treatments and with four replications. The higher yields of dry biomass was concentrated in the lower stratum (45%) in the range 5 to 15 cm and 72% up to 25 cm tall. The high protein content (20.12 to 22.73%) and dry matter digestibility in vitro, up 64.0% ensure a good nutritional quality peanut.

 

Keywords: crude protein, detergent fiber, digestibility, dry matter, neutral.

Íntegra (PDF)

Veja todos os artigos



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir