Sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPP) - expêriencia no Brasil

  • Armindo Neivo Kichel EMBRAPA Gado de Corte, Campo Grande, MS,
  • José Alexandre Agiova da Costa EMBRAPA Caprinos e Ovinos, Sobral, CE
  • Roberto Giolo de Almeida EMBRAPA Gado de Corte, Campo Grande, MS
  • Valdinei Tadeu Paulino Instituto de Zootecnia, Nova Odessa, SP
Palavras-chave: bem-estar animal, carne, milho, soja, sequestro de carbono

Resumo

Os sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta são sustentáveis e a escolha do sistema adequado à determinada localidade depende das condições edafo-climáticas e da existência de infraestrutura para suprimento de insumos, armazenagem e escoamento da produção. A produtividade e a rentabilidade são três vezes maiores para a pecuária de corte e de 10 a 30% para as lavouras de grãos em relação aos sistemas tradicionais de produção. Por outro lado, observa-se nos sistemas mais complexos (com uso de componente arbóreo) o aumento do bem-estar animal e a mitigação de gases de efeito estufa.
Publicado
13-01-2014
Como Citar
Kichel, A., Costa, J., Almeida, R., & Paulino, V. (2014). Sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPP) - expêriencia no Brasil. Boletim De Indústria Animal, 71(1), 94-105. https://doi.org/10.17523/bia.v71n1p94
Seção
SISTEMA DE PRODUÇÃO E AGRONEGÓCIOS