Turnover do δ13C na substituição de dietas com ingredientes de diferentes ciclos fotossintéticos em ovos de codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica)

  • Guilherme Emygdio Mendes Pimenta Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Juliana Célia Denadai Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociência, Botucatu, SP
  • Maria Marcia Pereira Sartori Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociência, Botucatu, SP
  • Vanessa Cristina Pelicia Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Priscila Cavalca Araujo Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Ana Cristina Stradiotti Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Carlos Ducatti Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociência, Botucatu, SP
Palavras-chave: diluição isotópica, ovos de codornas japonesas, plantas C3 e C4

Resumo

O estudo objetivou avaliar o turnover do 13C pela substituição de dietas do ciclo fotossintético C3 para C4 e C4 para C3 em ovos de codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica) utilizando a técnica de isótopos estáveis. Foram utilizadas duzentas e dezesseis codornas japonesas, com 50 dias de idade, distribuídas em delineamento experimental inteiramente casualizado em dois tratamentos com seis repetições, em período experimental de 48 dias. Antes dos 50 dias de idade, metade das codornas consumia dieta a base de plantas C4 (milho) e a outra metade a base de plantas C3 (arroz), ambas contendo farinha de carne e ossos bovinos. Houve substituição dessas dietas no período experimental, dieta a base C3 para C4 e C4 para C3. Seis ovos foram coletados de cada tratamento por dia de coleta, de acordo com os dias de idade das codornas: 50, 51, 52, 54, 57, 60, 64, 68, 73, 78, 85, 91 e 98. Para determinar a taxa de turnover foi empregado o modelo exponencial de diluição isotópica. Foi possível observar que o tempo experimental de 48 dias foi suficiente para que ocorresse o turnover total nos ovos, havendo a incorporação de 99% dos átomos de carbono da nova dieta. A velocidade de incorporação é mais lenta quando há substituição de dietas C3 para C4 do que de C4 para C3, o que pode ser explicado pela diferença bromatológica dos ingredientes.
Publicado
22-04-2014
Como Citar
Pimenta, G., Denadai, J., Sartori, M. M., Pelicia, V., Araujo, P., Stradiotti, A. C., & Ducatti, C. (2014). Turnover do δ13C na substituição de dietas com ingredientes de diferentes ciclos fotossintéticos em ovos de codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica). Boletim De Indústria Animal, 71(4), 303-308. https://doi.org/10.17523/bia.v71n4p303
Seção
NUTRIÇÃO ANIMAL