Estimação de parâmetros genéticos de características de crescimento pós desmama de bovinos mestiços Angus X Zebu

  • Josineudson Augusto II de Vasconcelos Silva Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Amanda Marchi Maiorano Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”(UNESP), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal, SP
  • Flávio Finati Bernardo Júnior Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Giovana Vellasco Martins Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Lucas Coimbra Novaes Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Daiane Cristina Marques da Silva Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
  • Rógerio Abdallah Curi Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP
Palavras-chave: características de crescimento, heterozigose, valor genético.

Resumo

Objetivou-se com o trabalho verificar o efeito da heterozigose individual no peso aos 365 dias (P365) e peso aos 550 dias (P550) de idade, assim como estimar a herdabilidade das características em estudo e os valores genéticos de animais de diferentes composições raciais envolvendo a raça Angus e zebuínos, a fim de observar a possibilidade do uso destas características como critérios de seleção em programas de cruzamento e melhoramento genético. Foram utilizados registros de 5.629 animais mestiços Angus x Zebu, nascidos no período de 1995 a 2004. Foram realizadas análises univariadas e bivariadas das características por meio de modelo animal e inferência bayesiana. Os efeitos incluídos no modelo foram grupo contemporâneo, heterozigose individual, idade do animal na pesagem, efeito aleatório genético direto do animal e resíduo. O tamanho da cadeia solicitado, bem como o período e o intervalo amostral, foram suficientes para obter convergência das estimativas a posteriori dos parâmetros genéticos. As estimativas de herdabilidade obtidas nas análises univariadas e na análise bivariada foram 0,38 e 0,30, e 0,32 e 0,30, respectivamente para P365 e P550. A estimativa de correlação genética entre as características foi 0,98. Ao comparar a classificação dos 10 melhores touros com base nos valores genéticos para P365 e P550, observou-se pequena diferença nas classificações para as características estudadas. O efeito da heterozigose tem importância nos cruzamentos e na obtenção de maiores pesos pós desmama, indicando que a utilização de animais com heterozigose individual máxima é vantajosa. As características P365 e P550 apresentaram-se como apropriados critérios de seleção, sugerindo que devam ser incluídas em programas de melhoramento de bovinos cruzados Angus x Zebu.
Publicado
07-02-2015
Como Citar
Silva, J., Maiorano, A., Bernardo Júnior, F., Martins, G., Novaes, L., Silva, D., & Curi, R. (2015). Estimação de parâmetros genéticos de características de crescimento pós desmama de bovinos mestiços Angus X Zebu. Boletim De Indústria Animal, 72(2), 170-177. https://doi.org/10.17523/bia.v72n2p170
Seção
MELHORAMENTO ANIMAL