Caracterização dos consumidores de peixe do Município de Lavras, Minas Gerais

  • Carlos Cicinato Vieira Melo Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG
  • Bruno Chaves Fabrini Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG
  • Adriano Carvalho Costa Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG
  • Bruno Olivetti de Mattos Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG
  • Lucas Carvalho dos Santos Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG
  • Rilke Tadeu Fonseca de Freitas Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG
Palavras-chave: comportamento do consumidor, consumo de pescado, pesquisa descritivo-quantitativa.

Resumo

Objetivou-se com este trabalho avaliar e caracterizar o perfil de consumo de peixe na cidade de Lavras, MG. Para a obtenção dos dados foi realizada uma pesquisa descritivo-quantitativa. A técnica de coleta de dados utilizada foi o questionário estruturado, elaborado com perguntas e respostas previamente formuladas. O questionário foi aplicado de março a maio de 2014 e voltado à pessoa de referência do domicílio. Foram amostrados 402 domicílios. Para a análise dos dados, foi utilizada a técnica de análise de distribuição de frequências, através do programa estatístico SPSS versão 12.0. Como resultado, observou-se que a carne de peixe está em quarto lugar no ranking de preferência de consumo das famílias na cidade de Lavras, perdendo para a carne bovina, aves e suína. Constatou-se também que normalmente o peixe é adquirido na apresentação filé e que o consumo é eventual nos domicílios. O preço representou um fator importante para escolha da carne. A maioria dos entrevistados prefere consumir o peixe frito. A espécie mais apreciada pelos consumidores da cidade de Lavras foi o Dourado. A maioria dos entrevistados costuma comprar menos de 2,0 kg/domicílio/ano. 
Publicado
05-10-2015
Como Citar
Melo, C., Fabrini, B., Costa, A., Mattos, B., Santos, L., & Freitas, R. (2015). Caracterização dos consumidores de peixe do Município de Lavras, Minas Gerais. Boletim De Indústria Animal, 72(3), 178-184. https://doi.org/10.17523/bia.v72n3p178
Seção
SISTEMA DE PRODUÇÃO E AGRONEGÓCIOS