#cancerdemama            #outubrorosa


NOTÍCIAS


31/10/2013

IZ participa do Simpósio Internacional em Coturnicultura

O trabalho apresentado fala do bem-estar de codornas japonesas

O bem-estar é um dos assuntos mais discutidos na produção animal. E o Instituto de Zootecnia (IZ/APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo tem como foco, em todos os projetos de pesquisas que envolvem animais nos experimentos, o bem-estar animal. Acompanhando este cenário o IZ participa do 5º Simpósio Internacional e 4º Congresso Brasileiro de Coturnicultura com o artigo “Bem-estar de codornas japonesas”. O evento está ocorrendo na Universidade Federal de Lavras (MG)

Participam do evento o pesquisador do IZ, Fábio Enrique Lemos Budiño e a aluna de Mestrado do IZ, Ana Paula Saccomani, além do pesquisador da UPD Brotas Dr. José Evandro de Moraes “Objetivou-se com a revisão do artigo abordar os principais fatores que podem afetar o bem-estar de codornas de postura (Coturnix japônica) nos sistemas convencionais de produção de ovos”, explica Saccomani.

De acordo com o pesquisador, a coturnicultura é uma atividade em crescente expansão no mercado avícola brasileiro. Com a crescente demanda de produtos provenientes da produção de codornas, houve a necessidade de intensificação nos sistemas de produção. Diante disso, o bem-estar na produção da ave tornou-se o ponto forte nos estudos.

No Brasil, os avicultores enfrentam problemas com suas criações devido ao calor nos meses mais quentes do ano, fator este que influencia de forma negativa a produção. A temperatura e umidade relativa do ar são elementos que tem grande influência no desempenho produtivo e bem-estar das aves.

A criação de codorna para fins de produção, segundo a pesquisadora Carla Cachoni Pizzolante, destaca-se como um produto alternativo para ovos de alta qualidade e de fácil manejo. “Sua expansão se deve ao potencial das codornas para a produção de ovos, pequenas exigência de espaço, reduzido período de criação para as aves atingirem a maturidade sexual, baixo consumo de ração, curto ciclo de produção, grande rusticidade e resistência a enfermidades, e baixo investimento inicial à produção com rápido retorno do capital investido”, detalha Pizzolante.

LISLEY SILVÉRIO - Jornalista resp.
Assessora de Comunicação Institucional e Imprensa – IZ
Fone: (19) 3466.9434
E-mail:
lisley@iz.sp.gov.br
www.iz.sp.gov.br

Redes sociais
:
www.facebook.com.br/institutodezootecnia
www.twitter.com/iz_sp_gov_br

Instituto de Zootecnia (IZ/APTA/SAA-SP)
Rua Heitor Penteado, 56
CP 60 CEP 13460-000
Nova Odessa (SP)

Acompanhe a Secretaria:
www.agricultura.sp.gov.br
www.twitter.com/agriculturasp
www.flickr.com/agriculturasp
www.youtube.com.br/agriculturasp

 

Veja todas as notícias



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir