#cancerdemama            #outubrorosa

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 27/28 - Número: único - Pg: 117-131 - Ano: 1970


Autores
F. G. de C. Junior, M. Gorni, A. Spers, V. J. M. Campos e A. J. Rodrigues.


Efeito das vais de castração e tipos de hemostasia no desempenho de suínos em terminação.
Resumo

Estudou-se o efeito da orquiepididectomia quando a incisão foi realizada pela via escrotal (E) e inguinal (1) a hemostasia por transfixação (T) e dupla ligadura em «oito» Utilizaram-se 20 suínos de 50 a60 kg de peso vivo, cruzados PietrainPiau Canastra e Pietrain-Berkshire, distribuídos em blocos casualizados com5 repetições em esquema fatorial 2 x 2, sendo (luas vias de castração(1 e E), dois métodos de hemostasia (T e O) perfazendo os 4 tratamentosque são: a) (1 e O); b) (1 e T); e) (E e O); d) (E e T).O experimento foi realizado nas pocilgas do Posto Experimental de Criação de Suínos Itapeva com duração de 49 dias.Observou-se no pós—operatório o aumento da temperatura retal, o tempo de cicatrização, a incidência de miíases, ocorrência de abcessos. O ganho em peso médio total, ganho em peso médio diário, consumo de alimento e custo da alimentação foram também observados.Constatou-se diferenças estatisticamente significantes ao nível de P<0,05 em favor da via inguinal, quando a hemostasia foi feita em (O), quanto ao aumento da temperatura retal no 3.° dia do pós-operatório; quanto à ocorrência de miíases, diferenças altamente significantes ao nível de P <0,005 foram verificadas em favor da via inguinalNão foram observadas diferenças estatisticamente significantes para o ganho de peso médio diário e total, conversão alimentar, formação de abcessos, temperatura retal no 4.° dia e custo da alimentação, apesar de que os animais castrados pela via inguinal proporcionaram 9% a mais de lucro, com relação àqueles cuja incisão foi realizada na região escrotal, quando a hemostasia foi em «oito».


Effect of castration and hemostasie methods on the finishing swine performance.
Abstract

The present essay had as objective the two way of castration the inguinal and scrotal, and two hemostasie methods, the transfixion and the couple ligated in “eight”. Twenty crossbreed pigs were tested in 2 x 2 fatorial design.After 49 days and the estatistical analyses of treatments made we could arrive to these conclusions:1 Concerning growth rates, liveweight daily gains, feed efficiency abcess occurence and inguinal hernia, statistical significant difference was not found among the treatments;2 — With respect myiasis occurence it was obtained P<0.005 for inguinal way compared with the scrotal way;3 — Concerning increase in rectal temperatura on 3th day of the post-operation it was observed P<0.05 to be the inguinal way better than serotal, when the hemostasie was made throught the couple ligated in “eight”;4 -— Referring to the economical analysis, the inguinal way of castration, when the hemostasie in couple ,“eight” were made possibilited 9% more profits in swine production, without statistical difference.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir