#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 65 - Número: 1 - Pg: 35-42 - Ano: 2008


Autores
Afonso Aurélio de Carvalho Peres, Paulo Marcelo de Souza, Hernan Maldonado Vasquez, José Fernando Coelho da Silva, Carlos Augusto Brandão de Carvalho, João Batista Pereira de Carvalho, Mirton José Frota Morenz


Análise financeira sob condições de risco de sistemas de produção de leite na região do Vale do Paraíba, SP
Resumo

Avaliou-se o risco financeiro de sistemas de produção de leite em pastagem de capim-mombaça (Panicum maximum, Jacq., cv. mombaça) com fornecimento de diferentes fontes de suplementação volumosa, durante a estação seca, na região do Vale do Rio Paraíba do Sul, no estado de São Paulo. Os sistemas de produção avaliados foram: SP1 - pastagem de capim-mombaça + pastagem de aveia-preta (Avena strigosa, Schreb, cv. preta), SP2 - pastagem de capim-mombaça + cana-de-açúcar (Saccharum spp., L., cv. IAC 86-2480) e uréia e SP3 - pastagem de capim-mombaça + silagem de sorgo (Sorghum bicolor, L., cv. Volumax®). A partir da construção de planilhas de fluxo de caixa, com horizonte de 12 anos, foram identificados os dez principais itens (fatores) que são mais sensíveis a mudança de preços e exercem maiores impactos nos resultados econômicos de cada sistema de produção. Realizou-se a análise de risco, através da Simulação de Monte Carlo, visando determinar a probabilidade de ocorrência de cada sistema se tornar inviável, diante das oscilações de preços ocorridas no mercado. Os sistemas de produção avaliados apresentam baixo risco financeiro, quando submetidos à taxa de desconto de 6% ao ano, taxa esta semelhante à obtida na caderneta de poupança, no mesmo período. Dentre os sistemas, aquele que apresenta o maior risco financeiro de se tornar inviável é o sistema de produção que utiliza suplementação volumosa com silagem de sorgo, durante a estação seca.


Financial Analysis Under risk Conditions of Milk Production Systems at the Paraiba Valley, SP
Abstract

The financial risk of milk production systems was evaluated in mombaçagrass (Panicum maximum, Jacq., cv. Mombaça) pasture with roughage supplementations, during the dry season, at the area of River Paraiba valley, South of São Paulo State, Brazil. The milk production systems were: PS1 – mombaçagrass pasture + black-oat (Avena strigosa, Schreb, cv. preta) pasture, PS2 - mombaçagrass pasture + sugarcane (Saccharum spp., L., cv. IAC 86-2480) and urea and PS3 - mombaçagrass pasture + sorghum (Sorghum bicolor, L., cv. Volumax) silage. Starting from the construction of cash flow spreadsheets, with 12 year-old horizon, the ten main items (factors) were identified to be more sensitive to the changes of prices and have larger impacts in the economical results of each production system. The risk analysis was done through Monte Carlo’s Simulation, seeking to determine the probability of occurrence of each system to become unable, due to the prices oscillations in the market. The evaluated production systems present low financial risk, when submitted to the discount rate of 6% a year, this rate is similar to that in the savings account, in the same period. Among the systems, the one that presents the largest financial risk of becoming unable is the production system that uses roughage supplementation with sorghum silage, during the dry season.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir