#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 56 - Número: 1 - Pg: 75-84 - Ano: 1999


Autores
Luciana Castro Geraseev, Juan Ramón Olalquiaga Perez, Cristiane Leal dos Santos, Kleber Tomás de Resende e Sarita Bonagurio


Composição corporal e exigências nutricionais em cálcio e fósforo para o ganho e mantença de cordeiros Santa Inês dos 25 aos 35 Kg de peso vivo.
Resumo

Este trabalho foi realizado no Setor de Ovinocultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras, com o objetivo de determinar a composição corporal e estimar as exigências de cálcio e fósforo de cordeiros da raça Santa Inês. Foram utilizados 18 cordeiros machos inteiros, com peso médio inicial de 25 kg. No início do experimento, seis animais foram abatidos para determinar o conteúdo de cálcio e fósforo corporal, servindo como animais referência para o método do abate comparativo. Os animais remanescentes foram divididos em dois grupos: seis animais receberam alimentação ad libitum e seis, alimentação restrita (mantença + 20%). Os cordeiros da alimentação ad libitum e restrita, entraram no experimento aos pares e foram abatidos quando os primeiros atingiram 35 kg de peso vivo. A composição corporal foi estimada a partir de equações de regressão do logaritmo da quantidade de cálcio e fósforo presentes no corpo vazio, em função do peso do corpo vazio. As exigências líquidas para mantença e o coeficiente de absorção destes elementos foram determinados a partir da correlação entre a quantidade ingerida e a quantidade retida no corpo dos animais. As exigências líquidas para o ganho em peso foram estimadas a partir da derivação de equações de predição da composição corporal. As exigências líquidas diárias de mantença para animais com 25 e 35 kg de peso vivo foram: 377 mg de Ca e 304 mg de P; as exigências líquidas por kg de ganho de peso vivo foram: 10,14 e 9,39 g de Ca; 4,69 e 4,31 g de P, para animais com 25 e 35 kg de peso vivo, respectivamente. Os coeficientes de absorção encontrados neste trabalho foram: 0,44 para o cálcio e 0,46 para o fósforo.


Body composition and requirements for calcium and phosphorus for gain and maintenance of Santa Inês lambs with 25 at 35 kg of live weight
Abstract

The experiment was carried out at the Animal Science Department of Federal University of Lavras with the objective of determining body composition, calcium and phosphorus requirements in Santa Inês lambs. Eighteen entire males lambs with average initial live weight of 25 kg were used. Six animals were slaughtered at the beginning of the experiment to access the amount of calcium and phosphorus retained in the body. They were also used as reference animals in the comparative slaughter technique. The remaining animals were divided in two groups:; six animals were ad libitum fed and six were restrict fed. The ad libitum and restrict fed animals began the experimental period in pairs and both were slaughtered when the first reached 35 kg live weight. The body composition was estimated through the prediction equations obtained by regressing the logarithm of calcium and phosphorus in the empty body on the logarithm of empty body weight. Net requirements of calcium and phosphorus for maintenance and absorption coefficient were obtained through the correlation between the amount of each mineral consumed and the amount of each mineral retained in the animal’s body. The net requirements for live weight gain were obtained through derivation of prediction equations. The net requirements of calcium and phosphorus for maintenance in animals between 25 and 35 kg live weight were: 377 mg Ca/day and 304 mg P/day and net requirements for kg of the live weight gain for animals with 25 and 35 kg LW were, respectively: 10.14 and 9.39 g of Ca; 4.69 and 4.31 g of P.The absorption coefficients for calcium and phosphorus were: 0.44 and 0.46, respectively.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir