#cancerdemama            #outubrorosa

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 56 - Número: 1 - Pg: 95-107 - Ano: 1999


Autores
Paulo Choji Kitamura, Ruy Bessa Lopes, Fernando Gomes de Castro Júnior e Júlio Ferraz de Queiroz


Avaliação ambiental e econômica dos lagos de pesca esportiva na bacia do rio Piracicaba.
Resumo

A pesquisa teve como objetivos a avaliação econômica e ambiental da pesca esportiva na Bacia do Rio Piracicaba, São Paulo. Os dados de campo e os resultados de análises laboratoriais de amostras coletadas durante o ano de 1996/97 mostraram uma diversidade de situações, típicas de uma atividade nova e em estruturação. A maioria dos empreendimentos foi iniciada nos anos 90, localizando-se em imóveis particulares e gerenciados pelo próprio dono. Os sistemas de funcionamento são de dois tipos, os pesque-pague, com taxa de entrada per capita mais uma taxa por kg de peixe capturado e, os pague-pesque, somente com cobrança de taxa de entrada per capita. A densidade média de estocagem praticada é de 1,18 peixes/m2 de lago operado enquanto que a taxa de captura foi estimada em 885kg/lago/mês. Foi observado que o pacu, tambaqui, tambacu, bagre africano, piau, piauçu, tilápias, carpas chinesas, carpas húngaras e curimbatás são encontrados na maioria dos pesqueiros. Em termos de rentabilidade, estimou-se uma margem bruta média de mais de 100% sobre os custos diretos de produção e uma margem líquida média de cerca de 46% sobre os custos totais. Em relação à qualidade de água os resultados mostraram que apenas a temperatura e as concentrações de nitrito encontravam-se dentro dos padrões recomendados pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), enquanto que a transparência, o oxigênio dissolvido, a saturação de oxigênio, o pH e as concentrações de nitrato e amônia, apresentavam, em parte das amostras, além dos limites recomendados pelo CONAMA.


Economic and envrironmental evaluation of sportive fishing at Piracicaba river basin
Abstract

This study aims to present an economic and environmental evaluation of sportive fishing at the Piracicaba river basin, São Paulo. The field data and the laboratory analysis of water samples collected during 1996/97 showed a diversity of situations typical of a new activity. The majority of “fish and pay’s” started in the 90’s and was managed by the owners. The charging system adopted was of two types: “fish and pay”, that combines entrance fee and charge/kg of captured fish, and, “pay and fish”, that uses entrance fee as the only tax. The average fish stock density was 1.18 fishes/m2 of managed lake while the average capture rate was 885kg/lake/month. It was observed that pacu, tambaqui, tambacu, tilápias, African catfish, Chinese carps, Hungarian carps, piau, piauçu and curimbatá were present at the majority of "fish and pay". The results showed a high profitability of fish and pay: an average gross revenue over than 100% of direct costs of production and an average net revenue of 46% over the total costs. The results of water quality analyses of "fish and pay" showed that the temperature and the nitrite concentrations met the CONAMA standards. However, the water quality measured by the transparency, dissolved oxygen, saturation of oxygen, pH and the concentrations of nitrate and ammonia was beyond the permitted limits of CONAMA.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir