#cancerdemama            #outubrorosa

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 57 - Número: 2 - Pg: 113-127 - Ano: 2000


Autores
Ana Regina Pimentel de Almeida, Terezinha de Jesus Deléo Rodrigues, Jaime Maia dos Santos


Aleopatia de cultivares de Panicum maximum Jacq., sobre leguminosas forrageiras arbustivas e arbóreas. I Avaliações em laboratório
Resumo

O presente estudo teve por objetivo avaliar os possíveis efeitos alelopáticos dos extratos aquosos de três cultivares de Panicum maximum Jacq.: cv. Mombaça, cv. Aruana e cv. Tanzânia-1, sobre três leguminosas forrageiras arbustivas ou arbóreas: Leucaena leucocephala, Cajanus cajan e Sesbania sesban, em três concentrações (0, 10 e 20%). Os efeitos alelopáticos foram avaliados através das porcentagens de germinação, de sementes mortas e de sementes duras, bem como pelo índice de velocidade de germinação (IVG). Os resultados mostraram que: (a) os cultivares de P. maximum estudados apresentaram efeito alelopático, que variou de acordo com a espécie de leguminosa avaliada; (b) houve redução na porcentagem de sementes duras de sesbania, quando tratadas com os extratos aquosos das gramíneas, especialmente na concentração de 20%, que deve ter atuado como um escarificador das sementes dormentes; (c) o guandu não deve ser semeado com o cultivar tanzânia, até que estudos em condições de campo possam confirmar ou não os resultados obtidos no presente trabalho, em condições de laboratório.


Allelopathy of Panicum maximum Jacq. Cultivars on tree and shrub forage legumes. I.Laboratory evalutations
Abstract

This research was carried out in order to evaluate allelopathic effects of aqueous extracts (0, 10 and 20%) of three cultivars of Panicum maximum Jacq.: cv. Mombasa, cv. Aruana and cv. Tanzania-1 on three forage legumes: Leucaena leucocephala, Cajanus cajan and Sesbania sesban. The allelopathic effects were evaluated through the percentages of germination, dead and hard seeds, and also by the speed of germination index (SGI). The results allowed the following conclusions: (a) the P. maximum cultivars presented allelopathic potential, which varied depending on the species of forage legume evaluated; (b) the number of hard seeds of sesbania was reduced by the grass extracts especially at the 20% concentration; (c) the data suggest that pigeon pea cannot be interseeded with cv. Tanzânia-1; further research, under field conditions, is required to confirm or not these results obtained under laboratory conditions.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir