#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 58 - Número: 1 - Pg: 73-81 - Ano: 2001


Autores
Érika Salgado Politi Braga Saldanha, Ariel Antonio Mendes, Elisabeth Gonzales, Edivaldo Antonio Garcia, Antonio de Pádua Deodato


Efeitos de altos níveis de lisina durante o período final de criação, sobre o desempenho e rendimento de carcaça de frangos de corte
Resumo

O experimento foi conduzido para avaliar os efeitos de altos níveis de lisina na dieta final fornecida no período de 43 a 49 dias de idade, sobre o desempenho e rendimento de carcaça de frangos de corte. Foi utilizado um delineamento em blocos ao acaso, com esquema fatorial 2 X 4 (2 sexos e 4 níveis de lisina) e 5 repetições (blocos), de 48 aves cada, totalizando 240 aves por tratamento. As dietas foram formuladas para conter 100; 108; 116 e 124% dos níveis de lisina recomendados pelo AEC (1993) para o período de 43 a 49 dias de idade. Aos 49 dias de criação, foram abatidas 4 aves por parcela, em um total de 20 aves/tratamento. As características avaliadas foram peso corporal, consumo de ração, conversão alimentar, % de rendimento de carcaça e partes. O aumento no nível de lisina melhorou significativamente (P<0,05) o peso médio final das aves, mas não afetou o rendimento de carcaça, o ganho de peso, o consumo e a conversão alimentar do período experimental (43 a 49 dias). O peso final dos machos foi melhor (P<0,05) do que das fêmeas, as quais, por sua vez, apresentaram (P<0,05) maiores percentagens de peito. Como não houve benefício produtivo do uso de altos níveis de lisina, concluiu-se que a recomendação sugerida pelo AEC (1993) para a alimentação de frangos de corte no período de 43 a 49 dias de idade está adequada.


Effect of high lysine levels during finishing period on performance and carcass quality of broiler chickens
Abstract

The objective of this experiment was to evaluate the effects upon performance and carcass yield of high levels of lysine supplemented on final diet of broilers during the period of 43 to 49 days. The experimental design consisted of 8 treatments in a 2 X 4 (sex and 4 lysine levels) factorial arrangement, and 5 replications (blocks) of 48 birds each one, totaling 240 birds per treatment. The experimental diets contained 100; 108; 116; and 124% of lysine levels suggested by AEC (1993) to feed broilers from 43 to 49 days of age. At 49 days, were slaughtered 4 broilers per replicate, in a total of 20 per treatment. The characteristics evaluated were body weight, weight gain, feed consumption, feed conversion, and yield of carcass and parts. The increased lysine levels significantly improved (P<0.05) the final body weight, but did not affect carcass yield, weight gain, food consumption and conversion of the experimental period (43 to 49 days). The final body weight of the males was higher (P<0.05) than the females, which on the other hand showed higher breast yield (P<0.05). As the use of high lysine levels did not benefice the productivity, it was concluded that the requirements suggested by ALIMENTATION  EQUILIBRÉ COMMENTRY (1993) to feed broilers from 43 to 49 days were appropriate.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir