#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 58 - Número: 1 - Pg: 95-112 - Ano: 2001


Autores
Carlos de Sousa Lucci, Kleber da Cunha Peixoto Júnior, Fabiano Rezende Amaro, Paulo Henrique Mazza Rodrigues, Tatiana Ferrante de Almeida, Marcos Veiga Santos


Efeitos de níveis e de tempos de adaptação a lasalocida sódica sobre a degradabilidade ruminal do feno de Coast-cross (Cynodon dactylon) e do farelo de soja em bovinos
Resumo

O objetivo deste experimento foi avaliar os efeitos de tempos de adaptação  e níveis de lasalocida sódica,  sobre a degradabilidade ruminal da matéria seca e proteína bruta  do farelo de soja e da matéria seca e fibra em detergente neutro do feno de Coast Cross. O delineamento experimental adotado foi o quadrado latino 4 x 4, com medidas repetidas no tempo, usando quatro vacas pesando em média, 500 kg, com cânulas ruminais. O experimento foi executado em subperíodos de 42 dias, divididos em 28 dias para coleta de dados e 14 dias para eliminação de efeitos residuais. As dietas foram formuladas usando-se feno de Coast Cross (Cynodon dactylon com 82% de fibra em neutro detergente e 8% de proteína bruta) e concentrados (8,5% de farelo de soja , 41% de milho e 0,5% de suplemento mineral) numa proporção 1:1. Os tratamentos compreenderam  quatro  tempos de adaptação  diferentes: 0 a 7, 8 a 14, 15 a 21,  e 22 a 28 dias  e quatro níveis de lasalocida sódica por animal por  dia ( zero mg, 50 mg, 100 mg e 200 mg). Não foram encontrados efeitos dos níveis de lasalocida sobre as taxas de degradabilidade efetiva da matéria seca e fibra em detergente neutro do feno de Coast Cross e da matéria seca e proteína bruta do farelo de soja. Não foram observados efeitos das interações tempos x tratamentos  sobre a degradabilidade efetiva da matéria seca e da fibra em detergente neutro do feno, nem sobre a da  matéria seca e proteína bruta do farelo de soja. No entanto, os níveis de lasalocida sódica apresentaram efeito quadrático (P<0,05) sobre a degradabilidade potencial  da fibra em detergente neutro, com o menor valor de degradabilidade potencial para o nível de 100 mg. A qualidade inferior do feno utilizado neste experimento (8% de PB) pode ter sido a principal causa da falta de resposta da lasalocida sobre a degradabilidade da matéria seca e fibra em detergente neutro do feno. Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que a lasalocida sódica não altera a degradabilidade da matéria seca e da proteína bruta do farelo de soja nem a degradabilidade da matéria seca e fibra em detergente neutro do feno.


Effects of sodium lasalocid levels and adaptation times upon ruminal degradabilities of Coast-cross hay (Cynodon dactylon) and soybean meal in dairy cattle
Abstract

The objectives of the present study were to determine the effects of time of adaptation  and different levels of sodium lasalocid on soybean meal dry matter and crude protein degradability on Coast Cross hay (Cynodon dactylon) dry matter and  neutral detergent fiber degradability. Experimental design used was a 4 x 4 Latin Square with repeated measures on time using four rumen cannulated cows, with an average  live weight of 500 kg. The experiment was  conducted in subperiods of 42 days, divided in 28 days for data collection and 14 days for eliminating the carry over effects of treatments. Diets were formulated using coast-cross hay (82 % NDF and 8 % CP) and concentrate (8.5 % soybean meal, 41 % ground corn and 0.5 % of mineral supplement) in a proportion of 1:1. Treatments arrangements included four different adaptation times  (0 to 7, 8 to 14, 15 to 21 and 22 to 28 day) and four levels of sodium lasalocid per animal per day (zero, 50 mg, 100 mg and 200 mg). No level  effects  were observed on Coast-Cross hay  DM and NDF effective degradability  and on  soybean meal DM and CP effective degradability . Effective degradability  was not affected by treatment X time interaction, however sodium lasalocid levels showed a quadratic effect (P<0.05) on NDF potential degradability, with the lowest values of the potential degradability for the 100 mg  level. The low quality of Coast-Cross hay used  (CP=8 %) may be the main cause why DM and NDF degradability were not affected by sodium lasalocid. Based on results obtained in this study it can be concluded that sodium lasalocid does not alter the effective degradability of CP  soybean meal nor the effective degradability of NDF of coast-cross hay.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir