#cancerdemama            #outubrorosa

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 44 - Número: 2 - Pg: 281-288 - Ano: 1987


Autores
H. P. Barbosa, L. S. S. Coelho, E. T. Fialho, C. Bellaver, A. L. Guidoni, G. S. Leh


Utilização da radícula de malte na alimentação de suínos em crescimento e terminação
Resumo

A inclusão de níveis crescentes de radícula de malte, 0%, 5%, 10%, 15% e 20%, substituindo parte do milho e do farelo de soja em rações isoprotéicas (16% proteína bruta (PB) no crescimento e 13% na terminação) e isoenergéticas (3.340 kcal de energia digestível (ED/kg), foi estudada com 120 leitões mestiços landrace (L) x large white (LW), com peso inicial de 21.3 ± 0,4 kg e final de 95,0 ± 1,0 kg. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso, com cinco tratamentos e quatro repetições. A parcela experimental continha seis animais (três machos castrados e três fêmeas). Foram realizados dois ensaios de digestibilidade das rações, um no crescimento, com vinte suínos (peso médio de 32,3 ± 0,5 kg), e outro na terminação, também com vinte suínos (peso médio de 66,5 ± 0,5 kg). Baseado no ganho em peso diário médio, conversão de ração e balanço de nitrogênio, concluiu-se que a radícula de malte pode ser incluída em até 20% nas rações de suínos em crescimento e terminação, desde que o nível de ED seja de 3.340 kcal/kg.


Malt rootlets in diets for growing and finishing swine
Abstract

The replacement of corn and soybean meal of isoproteic ration (16.0% of crude protein (CP) in the growing phase and 13.0% of CP in the finishing phase) and isoenergetic (3340 kcal of digestible energy/kg by malt rootlets was studied. In this experiment it was utilized 120 Landrace x Large White crossbred piglets. The initial weight body was 21.3 and final live weight of 95.0 kg. The experimental design was randomized blocks with five treatments and four repetitions. The experimental unit was represented by six animals. Two digestibility experiments were conducted, being one with the growing phase and another in the finishing phase. In both experiments there were 20 pigs. Based on average daily gain weight, feed: gain and nitrogen balance were conclued that malt rootlets can be inclued at level of 20% in the swine ration as long as it contains 3,340 kcal of digestibible energy.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir