#cancerdemama            #outubrorosa

Bulletin of Animal Husbandry
Volume: 43 - Número: 1 - Pg: 45-65 - Ano: 1986


Autores
D. J. da Silva, M. A. de Campos, C. R. Pozzi, L. A. de Figueiredo, R. M. L. Pires


Efeitos das aplicações de anti-helmíntico e da alimentação na infecção subclínica de bovinos lactantes
Resumo

No período de abril de l979 a dezembro de 1980, na Estação Experimentel Central do Instituto de Zootecnia, em Nova Odesse, SP, 27 vacas leiteiras das raças holandesa preta e branca (HPB) e perda suíça (SCH), e do tipo mantiqueira (MT), foram submetidas a um esquema fatorial, com fatores anti-helmínticos e raças, com três tratamentos e nove repetições. Foram os seguintes os tratamentos: T = testemunha, sem aplicações de anti-helmintico; B = bimestral, com aplicações de dois em dois meses, a partir de maio de 1979; e Q = quadrimestral, com aplicações de quatro em quatro meses, a partir de julho de 1979. As análises estatísticas dos dados de produção leiteira foram significativas para tratamentos e para raças, no período de maio a agosto de 1979. No período seguinte — da parição até o quinto mês de lactação — as médias analisadas de produção leiteira foram não-significativas para tratamentos e para raças. As análises das contagens de ovos por grama de fezes (OPG) foram significativas para tratamentos, com o bimestral (B) apresentando menor infecção helmintica. As análises das contagens de glóbulos vermelhos (GV) foram significativos para tratamentos e para raças, enquanto as análises das contagens de glóbulos brancos (GB) foram não-significativas. As análises das dosagens de hemoglobina (Hb) e do volume globular (VGA) foram significativas somente para raças. As análises das dosagens de glicose foram não-significativas para tratamentos. As análises das dosagens de proteína total (PT) e albumina (Alb) foram não-significativas para tratamentos. Análises de correlação entre a produção leiteira e as dosagens de glicose mostraram correlação significativa negativa. As análises foram significativas ao nível de 5% de probabilidade.


Effects of deworming and feeding in the subclinical infection on dairy cows
Abstract

The work was carried out from April, 79, to December, 80, in Nova Odessa, in the Central Region of the State of São Paulo, Brazil.27 dairy cows Holstein and Schwyz breeds and Maritiqueira type were used in a factorial design with 3 treatments and 9 replications. The control treatment not received anthemintic applications, the bimestrial treatment received anthelmintic applications beginning in May, 79, and the quadrimestrial treatment received anthelmintic applications beginning in July, 79. The statistic analysis of milk production was significant for treatments and breeds from May, 79, to August, 79, from parturition to the 5th lactating month, the stastic analysis of milk production was no significant for treatments and breeds. The statistic analysis of e. p. g. counting was significant for treatments. beign the bimestrial treatment the best. The statistic analysis of red blood cells counting, haemoglobin content and packed cell volume were significant for treatments and breeds. The statistic analysis of white blood cells couting total protein content, albu in content and glucose content were no significant for treatments. The correlation coefficient between milk production and glucose content was significant. All analysis were tested at 5% level of probability.


Íntegra (PDF)




Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir