#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Avaliação do consumo de fontes de proteína de origem animal em pré escolares

Autores
Juliana Aparecida Pissaia Savitsky

Resumo

RESUMO

 A produção animal sustentável só pode ser entendida se levada até o prato, ou seja, se considerarmos o desperdício que vai do frigorífico à mesa. Avaliar o consumo alimentar em crianças e adolescentes merece destaque, pois tais etapas do ciclo vital caracterizam-se por diversas alterações de crescimento e composição corporal, deixando-as mais vulneráveis fisiologicamente aos agravos da desnutrição e da deficiência de micronutrientes. Os objetivos do trabalho foram avaliar o padrão do  consumo de proteína animal em pré-escolares matriculados na rede pública do Município de Nova Odessa- SP; traçar o perfil nutricional dos pré-escolares; verificar se dentre essa amostra estudada o consumo é sustentável e se os mesmos encontram-se dentro na faixa de normalidade.Foram estudadas quatro creches do município totalizando 506 alunos matriculados de 4 a 6 anos de idade. Após analise concluiu-se  que há uma grande diferença em cada creche. Com a análise dos per capitas oferecidos entre as 4 creches, é possível concluir que este varia de acordo com a vontade da crianças, em consumir ou não a preparação proteica e o leite no dia; foi possível concluir que o consumo de proteína de origem animal na população estudada com relação a sobra limpa é consciente, pois não foi observado sobras limpas nas panelas, já  as preparações que tiveram restos nos pratos podem serem explicadas devido a alteração na composição das mesmas, habito alimentar e técnicas adequadas de preparo, que devem ser reformuladas.

 A avaliação do perfil antropométrico em pré-escolares e escolares apresenta-se como ferramenta fundamental na articulação de estratégias ligadas à promoção da saúde. Resultados sugerem dupla carga de má nutrição refletindo em acometimentos na composição corporal, apresentando casos de baixa estatura e desnutrição, persistindo fortemente  na infância, porém com redução significativa ao longo do tempo e aumento dos casos de obesidade, associando à tendência de transição nutricional de populações ocidentais.

 

Palavras-chave: proteína animal, desperdício, desnutrição, infância

 

Consumption evaluation of animal protein sources in nursery and elementary school students

 

ABSTRACT

A sustainable animal production chain can only be fully understood if goes all the way to the plate, or else, if we consider the waste that comes from the slaughter to the consumer table, not only the production system. To evaluate the food consumption of children and teenagers deserves featured since is the vital system phases, including changing’s on growing body composition, physiological changes and under nutrition allied to micronutrients disorders. This work aimed to evaluated the pattern of animal protein source food consumption of pre-scholar children from Nova Odessa Public Day Care Centers; to draw the nutritional profile of those children; verify if its consumption of animal protein is sustainable ( no waste) and if it is inside the normality range. Four Public Day care Centers were studied, with a total of 506 children, from 4 to 6 years old. After data collection and analysis, there was a great difference among Day care Centers. Analyzing the per capita offered to the children, it varies according to everyone´s will about consuming or not the animal protein or the milk preparation. The consumption of animal protein related to the clean leftover is conscious. On the table, the dishes showed some leftovers due to the techniques on food preparation, which sould be reformulated, feeding habits and food composition. The evaluation of anthropometric pattern of pre-scholar and scholar children (from nursery to elementary school) shows up as a fundamental tool on the strategies linked to health promotion. Our results suggest a double load of bad nutrition reflecting on body composition, as low height and under nutrition, strong during childhood with high reduction as the children goes to teenage, therefore, an increase on obesity, associated to  nutritional transitions on occidental populations.

 

Key-Words: animal protein, waste, under nutrition, childhood

 

 

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir