#cancerdemama            #outubrorosa

PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Sustentabilidade do Sistema de Produção de Leite: diagnóstico dos capitais e análise emergética

Autores
Edmar Eduardo Bassan Mendes

Resumo

RESUMO: A pecuária leiteira na região Paulista de Araçatuba vem passando por modificações: maior demanda decorrente do aumento crescente do poder aquisitivo, aumento do volume comercializado pelas Unidades de Produção Agropecuárias (UPAs) produtoras de leite, concorrência por terra com a agroindústria sucroalcooleira, escassez de mão de obra especializada e baixos preços pagos ao produtor. Tecnologias que aumentam a produtividade, reduzem o efeito da sazonalidade climática na oferta e outros avanços são alternativas. Neste contexto surge o problema da sustentabilidade dos sistemas produtivos. Para aprofundar o conhecimento sobre sua complexidade, determinar indicadores de sustentabilidade e gerar estratégias para as UPAs, este trabalho usa o método de diagnóstico dos cinco capitais integrado ao método de análise emergética. A sustentabilidade das atividades produtivas depende da capacidade de gestão da UPA que é a função dos estoques de capitais humano, social, físico, financeiro e natural. A análise emergética considera as relações sistêmicas entre os componentes e os fluxos de massa e energia e quantifica a contribuição dos recursos naturais e insumos da economia na mesma base energética equivalente ao solar em joules Os resultados mostram que os principais pontos fortes da UPA estão concentrados nos capitais naturais e humanos e o principal ponto fraco no capital financeiro Os índices emergéticos da UPA Fazenda Alto da Araúna mostram baixa sustentabilidade quando comparados com os dados da literatura. A Transformidade indicou que a emergia solar requerida para obter a energia de uma unidade de produto foi de 4,74E+05 sej.Jha-1. ano-1, média de 6 anos, considerando a unidade de produto como sendo a soma de leite e carne. A Razão de Produção Emergética calculada (EYR médio 1, 18) mostra que a quantidade de emergia da natureza (renováveis e não renováveis) incorporada na produção (leite e animais) é praticamente nula quando comparada com a emergia total usada, portanto é baixa a contribuição gratuita da natureza. A Razão de Investimento de Emergia (EIR médio 5,73) mostra um alto investimento da sociedade para se produzir leite neste tipo de sistema. A Razão da Carga Ambiental (ELR médio 5,9) mostra alta degradação (estresse) ambiental. A Razt10 Nt10 Renovável I Renovável (NIR médio 5,8) indica que as práticas de conservação do solo têm permitido ganho neste índice. O índice de Renovabilidade (%R médio igual a 14,83%) mostra baixa sustentabilidade do sistema, face à baixa proporção do uso da emergia de recursos naturais renováveis em relação á emergia contida no produto. Índice de Sustentabilidade, (ESI médio 0,20) tem valor próximo de zero indica uma baixa contribuição potencial de um sistema (EYR) por unidade de carga ambiental (ELR), imposto à área ocupada. Finalmente, a Emergia Total usada por hectare. ano-1 (Y médio 1,86E+16 sej.ha-1.ano-1) encontra-se na mesma faixa de ordem de grandeza das UPAs da literatura. Conclui-se pela necessidade de mudanças radicais, objetivando melhorar os índices negativos, tais como a adoção de métodos orgânicos de produção, implantação de integração da lavoura com a pecuária, ou adoção de sistema de silvicultura, para melhorar os indicadores de sustentabilidade.
 
Palavras-chave: bovinocultura leiteira, emergia, planejamento estratégico,  unidade de produção agropecuária.
 
 

ABSTRACT: The dairy farming in the region Araçatuba, São Paulo State, has undergone modifications _ high demand due to the increasing purchasing power, resulting in increased sales volume for Agricultural Production Units - UPAs producing milk, competition for land with sugarcane agribusiness, the shortage of specialized labor and low prices. Technologies that increase productivity decrease the effect of climatic seasonality in supply and other advances are alternatives. In this context arises the problem of sustainability of production systems. To deepen the understanding of its complexity, determine indicators and generate strategies for UPAS, this paper uses the method of diagnosis of five capitals integrated method of emergy analysis. The sustainability of productive activities depends on the management capacity of the UPA that is the function of the capital stock of human, social, physical, financial and natural. The emergy analysis considers the systemic relations between its components and the fIow of mass and energy and quantifies the contribution of natural resources and inputs of the economy on the same basis equivalent to solar energy emjoules. The results show the main strengths of the UPA, concentrated on natural and human capital and financial capital in weakness. The emergy indices UPA "Alto da Araúna" when compared with literature data show low sustainability. The Transformity indicated that the emerging solar energy required  to obtain a unit of product was 4.74E+0.5 sej.J-1ha-1.year-1, mean of six years, considering the product unit as the sum milk and meat. The Production Ratio Emergy calculated (EYR mean 1.18) shows that the quantity of emerging from nature (renewable and nonrenewable) incorporated in the production (milk and animals) is practically zero when compared to the total emergy used therefore is low free nature of the contribution The Emergy Investment Ratio (EIR mean 5.73) shows a high investment of the company to produce milk. The Environmental Load Ratio (ELR mean 5.9) shows high degradation (stress). Reason Not Renewable/Renewable (N/R mean 5.8) indicates that the soil conservation practices (100.% of its land area is protected contour) has allowed earned this indicator. The index Renewability (%R mean 14.83%) shows low sustainability of the system, given the low proportion of the emerging use of renewable natural resources in relation to emergy contained in the product. Sustainability Index (ESI mean 0.20.) indicates a low potential contribution of a system (EYR) per unit (ELR), imposed on the occupied area, is near zero. Finally, the Total Emergy used per hectare/year (Y mean 1.86E+16 seJ-ha-1yea(1) is in the same range of magnitude of UPAs literature. The conclusion is the need for radical changes, aimed at improving the negative indexes, such as the adaption of organic methods of production, deployment, integration of farming with livestock, or adoption of forestry system, to improve the sustainability indicators.

 

Key words: agricultural production units, dairy cattle, emergy, strategic plan
 
...

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir