#cancerdemama            #outubrorosa

PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Estudo do padrão de curvas de lactação de animais da raça guzerá empregando-se modelos de regressão aleatória

Autores
Diego Augusto Campos da Cruz

Resumo

Os objetivos deste estudo foram estimar parâmetros genéticos para produção de leite no dia do controle (PLDC) e utilizar análises multivariadas de agrupamento para explorar o perfil genético dos animais para produção de leite, visando estudar o comportamento de curvas de lactação de vacas da raça Guzerá. No presente estudo foram utilizadas 5274 primeiras lactações de vacas da raça Guzerá. As PLDC foram consideradas em 10 classes mensais, analisadas por modelo animal de regressão aleatória da produção de leite sobre o dia em lactação. Nas análises, as PLDC foram modeladas pelo efeito aleatório genético aditivo, de ambiente permanente e residual. Considerou-se como efeitos fixos o grupo de contemporâneos, o efeito linear e quadrático da covariável idade da vaca ao parto. A curva média de lactação foi modelada por meio de polinômio ortogonal de Legendre de quarta ordem. O GC foi definido como rebanho, ano e época de controle. As herdabilidades estimadas para as PLDC variaram de 0,24 a 0,52, sendo maiores nos extremos da lactação. As estimativas das correlações apresentaram valores próximos à unidade em controles leiteiros adjacentes, com diminuição das correlações à medida que o intervalo entre os controles aumentou. Foram estimados valores genéticos para a produção acumulada até os 305 dias de lactação, para o pico, para períodos parciais da lactação e para três medidas de persistência. A medida que teve melhor comportamento foi a que representava os valores genéticos dos desvios até 270 dias de lactação em relação ao valor genético do pico, pois esta apresentava correlação mais baixa com o valor genético para a produção completa. Com base nos valores genéticos preditos foram realizadas análises de agrupamento a fim de explorar os padrões das curvas genéticas dentro da população. A população foi dividida inicialmente em 2 grupos, posteriormente o grupo com melhor comportamento foi subdividido em 2 subgrupos, obtendo-se assim o perfil genético destes. Visualizou-se que um dos grupos apresentou perfil genético positivo para todas as medidas, menos para a medida de persistência, outro grupo apresentou perfil genético todo negativo, no entanto o valor genético para a persistência foi positivo. Por fim, concluiu-se que produções de leite para a raça Guzerá devem levar em consideração a produção aos 305 dias, dando ênfase, também, para a persistência da lactação.

 

Palavras-chave: análises multivariadas, bovinos leiteiros, valor genético, persistência de lactação, parâmetros genéticos xxii xxiii

 

ABSTRACT:

The objectives of these study genetic parameters for milk production were to estimate the control day (TDMY) and use multivariate cluster analysis to explore the genetic profile of the animals for milk production, aiming at studying the behavior of lactation curves of cows Guzera. In the present study 5274 first lactations of cows Guzera were used. TDMY were considered in 10 monthly classes, analyzed by random regression model of milk production on the day lactation. In the analysis, TDMY were modeled by random additive genetic effect, permanent environmental and residual. It was considered as fixed effects of contemporary group, the linear and quadratic effect of the covariate age at calving. The average lactation curve was modeled by orthogonal Legendre polynomial of fourth order. The CG was defined as herd, year and season of control. The estimated heritability for TDMY ranged from 0.24 to 0.52, being higher at the extremes of lactation. Estimates of correlations showed values close to unity in adjacent dairy controls, with a decrease of the correlations as the interval between records increased. Breeding values for cumulative production has been estimated to 305 days of lactation to peak for shorter periods of lactation and persistency measurements. As had been the best behavior that represented the genetic values of the deviations up to 270 days of lactation in relation to the genetic value of the peak, since it had the lowest correlation with the genetic value for full production. Based on the predicted values cluster analysis was performed to explore the patterns of genetic curves within the population. The population was initially divided into 2 groups, subsequently the group with the best behavior was divided into 2 subgroups, thus obtaining the genetic profile of these. Visualized that an of the groups showed positive genetic profile for all measures except for the measure of persistence, another group showed all negative genetic profile, however the genetic value for persistence was positive. Lastly, it was concluded that milk production for Guzera should take into account the production 305 days emphasizing also for the persistency of lactation.

 

Key-words: multivariate analyzes, dairy cattle, breeding value, persistence of lactation, genetic parameters

 

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir