#cancerdemama            #outubrorosa

PUBLICAÇÕES >> Dissertações de Mestrado
Eficiência alimentar, parâmetros sanguíneos e comportamento ingestivo de machos e fêmeas da raça Nelore

Autores
Guilherme Pinheiro dos Santos Nova Odessa

Resumo

O objetivo do presente estudo foi avaliar diferenças entre machos e fêmeas jovens da raça Nelore na eficiência de utilização de alimentos, fundamentadas na comparação entre desempenho, consumo de alimentos, parâmetros sanguíneos e comportamento ingestivo dos animais. Foram utilizados dados de oito testes de desempenho, entre 2005 e 2012, para avaliação de desempenho e medidas de eficiência alimentar. As medidas de eficiência alimentar utilizadas foram conversão alimentar, eficiência alimentar, taxa de kleiber, eficiência parcial de crescimento, consumo alimentar residual. Foram utilizados registros de ultrassom feitas pelo Medical Aquila (Esaote Europe B.V.), para avaliação de área de olho de lombo (AOL), espessura de gordura de cobertura de lombo (EGL) e espessura de gordura de garupa (EGG). Foram avaliados dados sanguíneos dos animais, tendo sendo obtidas amostras de sangue dos animais por meio de venopunção da veia jugular, sendo utilizadas as variáveis de hemograma completo, determinação de níveis séricos de plaquetas, aspartato amino transferase (AST), proteínas totais (PT), creatinina e analises bioquímica de glicose, uréia, triglicerídeos, cortisol, insulina e IGF-1. E também foram utilizadas características de tempo de alimentação, tempo de alimentação por kg de MS, eficiência de alimentação, tempo de ruminação, tempo de ruminação por kg de MS, eficiência de ruminação, tempo em ócio, tempo em pé, tempo deitado, tempo de mastigação e taxa de mastigação. A análise estatística foi feita pelo procedimento MIXED do SAS, a diferença significativa foi declarada quando P ≤ 0,05. Foram observadas diferenças significativas entre bovinos machos e fêmeas (P<0,05) para PVI, PVM, PVF e PV0,75, com maiores valores para machos, assim como GMD e CMS.

Entre as medidas de eficiência CAR, EA, TCR, CMSPV e CMSMET, não houve diferenças significas entre os sexos, exceções foram observadas para as características CA e TK em que resultados favoráveis (P<0,05) foram obtidos para machos. Machos apresentaram maior área de olho de lombo (P<0,05), e para fêmeas maiores valores em espessura de gordura no lombo e na garupa (P<0,05). Entre as análises sanguíneas, os parâmetros hematológicos diferenciaram-se entre os sexos para as PLAQ, HEM e HEMG (P<0,05), sendo que em todos os casos as médias foram maiores para os machos, porém em HEMT, VCM, LEU, SEG e LINF não foram observadas diferenças entre os sexos. Os parâmetros metabólicos CREA, GLI, UREIA e TGL foram maiores para fêmeas (P<0,05), entretanto, as concentrações de AST e PT não diferiram em função do sexo. Em relação aos parâmetros hormonais, INSULINA, CORTISOL e IGF- 1 (P<0,05) foram maiores em machos quando comparados às fêmeas. Foram encontradas diferenças no comportamento ingestivo entre machos e fêmeas, o TALM e TALMS foram maiores em fêmeas (P<0,05), e TRUM e TRUMS para machos (P<0,05), entretanto o TO não diferiu significativamente entre as classes de sexo. Diferenças entre EAL e ERUM foram encontradas (P<0,05), sendo maiores para machos e em fêmeas respectivamente. Não foram observadas diferenças significativas nas características TMAST e TMASTMS entre machos e fêmeas, porém em TXMAST foi maior em machos (P<0,05). A eficiência na utilização de alimentos é semelhante entre os sexos na fase pós-desmama.

 

Palavras-chave:

Bovinos de corte, eficiência alimentar, parâmetros sanguíneos,machos, fêmeas

 

ABSTRACT

The aim of this study was to evaluate differences between young males and females Nellore efficiency of feed utilization, based on the comparison between performance, food consumption, blood parameters and grazing behavior. We used data from eight performance tests between 2005 and 2012 for performance evaluation and measures of feed efficiency. The feed efficiency measures were used feed conversion, feed efficiency, rate Kleiber, partial growth efficiency, residual feed intake. Records made by the Medical ultrasound Aquila (Esaote Europe BV) for evaluation of loin eye área (REA), backfat thickness of loin (EGL) and rump fat thickness (EGG) were used. Blood animal data were assessed with are obtained blood samples from the animals by venipuncture of the jugular vein, which used variables CBC, determination of serum levels of platelets, aspartate amino transferase (AST), total protein (TP) , biochemical analysis of creatinine and glucose, urea, triglycerides, cortisol, insulin and IGF-1. Also features feeding time, feeding time per kg DM, feeding efficiency, rumination time, ruminating time per kg DM, rumination efficiency, idle time, while standing, lying down, time was used chewing and chewing rate. Statistical analysis was performed using the SAS MIXED procedure, the significant difference was declared when P ≤ 0.05. Significant differences between male and female cattle (P <0.05) for IBW, MBW, FBW and BWM were observed, with higher values for males as well as ADG and DMI. Among the efficiency measures RFI, FER, PEG, DMI/BW and DMI/BWM did not differ significantly between the sexes, exceptions were observed for FCR and KR features that favorable results (P <0.05) were obtained for males. Males had greater loin eye area (P <0.05), and higher values for females in fat thickness at loin and croup (P <0.05). Among the blood tests, hematological parameters differed between sexes for PLAQ, HEM and HEMG (P <0.05), and in all cases the averages were higher for males, however in HEMT, VCM, LEU SEG LINF and no differences were observed between the sexes. Metabolic parameters CREA, GLU, UREA and TGL were higher for females (P <0.05), however, concentrations of AST and PT did not differ by gender. In relation to the hormonal parameters, insulin, cortisol and IGF-1 (P <0.05) higher in males compared to females. Differences were found in feeding behavior between males and females, the FT and FT/DM were significantly higher in females (P <0.05), RT and RTDM were higher in males (P <0.05), however the IT did not differ significantly between the classes of sex. Differences between FE and RE were found (P <0.05) and were higher for males and females respectively. No significant differences were observed in CT and CT/DM characteristics of males and females, however in RC found greater value in males (P <0.05). The efficiency of food is similar between the sexes in post-weaning.

 

Keywords:

Beef cattle, feed efficiency, blood parameters, males, females.

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir