#NovembroAzulOficial            #NovembroAzul

PUBLICAÇÕES >> Relatórios Anuais
Relatório Anual 2016

Autores
Diretores e Assessores de Diretoria

Resumo

111 Anos de Tecnologia Científica Agropecuária

No dia 15 de julho de 2016, o Instituto de Zootecnia (IZ/APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo (SAA), comemorou 111 anos, desenvolvendo pesquisas científicas nas áreas de pecuária de corte, leite, zootecnia diversificada, forragicultura e pastagens e genética e reprodução animal, promovendo desta forma avanço científico e tecnológico para uma maior produtividade e qualidade dessas cadeias produtivas e seus derivados.

O IZ também oferece o programa de Pós-Graduação em Produção Animal Sustentável, em nível de Mestrado desde o ano de 2012.

Com sede localizada no município de Nova Odessa e com o Centro Avançado de Pesquisa em Bovinos de Corte situado em Sertãozinho (SP), estas unidades são contempladas com excelente infraestrutura para o desenvolvimento de pesquisas em parcerias com instituições públicas e privadas, além da prestação de serviços e capacitação de recursos humanos.

O IZ é pioneiro na pesquisa científica mundial com a raça Nelore, além de destacar-se pela geração de uma série de benefícios ao meio científico, ao meio técnico e aos criadores.

Atualmente, com a implantação do “Programa de Produção Animal em Sistemas de Integração” e do “Leite Mais” e continuidade do “Programa de Seleção Para Peso ao Sobreano”, que tem como objetivo gerar conhecimento para os diversos sistemas de produção de leite e de corte, o IZ mantém seu compromisso com a Sustentabilidade e Inovação na Produção Animal. “Os resultados desses programas manterão o IZ na vanguarda dos cenários dos sistemas de produção sustentáveis”, destaca a pesquisadora e diretora do IZ, Renata H. Branco Arnandes.

Desde a década de 50 o IZ desenvolve pesquisas científicas e o curso da evolução dessas pesquisas foi marcado pelo estudo pioneiro e fomento de inúmeras tecnologias, destacando a primeira prova de ganho de peso de bovinos de corte; primeira seleção do gado Caracu; a introdução no Estado de São Paulo de raças europeias leiteiras especializadas; seleção de raças indianas, como o Gir leiteiro e os cruzamentos entre zebuínos e taurinos para obtenção de raças mais rústicas e produtivas; inseminação artificial em bovinos sob melhoramento genético; introdução do controle leiteiro no Estado de São Paulo; implantação do programa de melhoramento genético de animais da raça Nelore; implementação da seleção para consumo Alimentar Residual (CAR) de bovinos da raça Nelore; e primeiro centro de pesquisa a implantar um sistema de alimentação automática (Growsafe).

O IZ interage significativamente com os arranjos produtivos locais, seja em nível de empresa ou de produtores rurais. Destacam-se, projetos conjuntos com empresas de inseminação artificial, de produção de sementes, de medicamentos veterinários, de produção de insumos, assessoria a pequenos produtores rurais, cursos práticos e dias de campo, comercialização de sêmen e embriões de animais oriundos do Programa de Melhoramento Genético do IZ, atualmente em grande destaque institucional.

“O IZ desenvolve projetos de pesquisa de relevância não somente para o Estado de São Paulo, como para o País – muito do material genético animal e de plantas forrageiras, utilizados nacionalmente, foram resultados das pesquisas realizadas no Instituto, mantendo o banco ativo de germoplasma de plantas forrageiras (BAG), sendo o único em diversidade de espécies forrageiras tropicais da América Latina”, afirma Renata Arnandes.

Os projetos de pesquisas do IZ atendem as demandas da sociedade e a Programas de Governo do Estado de São Paulo, visando o desenvolvimento do Agronegócio Paulista, como incremento da competitividade das Cadeias de Proteína Animal; estímulo à Expansão de Agronegócios Especiais; e desenvolvimento do Agronegócio Familiar.

 Diretores e Assessores de Diretoria

Íntegra (PDF)


Veja todas as publicações



Envie a um amigo

Adicione ao Favoritos

Imprimir